13 super comidas ricas em probióticos

Você tem consumido comidas ricas em probióticos na sua dieta? Tem muitas chances que não. Probióticos são boas bactérias que principalmente alinha seu intestino e são responsáveis pela absorção de nutrientes e suportam seu sistema imunológico.

Probióticos são essenciais para sua saúde digestiva, mas você sabia que há inúmeros outros benefícios para a saúde se consumirmos comidas ricas em probióticos que você talvez não esteja ciente da existência delas.

E neste artigo, vamos mostrar 13 comidas que são riquíssimas fontes de probióticos e você deve considerar adicionar na sua dieta todos os dias e como eles podem beneficiar você.

kefir-yogurte-super-facile

Mas a final o que são Probióticos?

Se você não tem probióticos suficiente em seu organismo, os efeitos colaterais podem ser: desordem digestiva, problemas de pele, candida, doenças autoimune e frequentes gripes e resfriados.

Historicamente, nós tinhamos muitos probióticos em nossa dieta por nos alimentarmos de alimentos frescos de bons solos e consumindo alimentos fermentados que evitavam que eles estragassem.

Mas com o passar do tempo isso foi se perdendo e demos lugar a alimentos refrigerados, agriculturas perigosas como agrotóxicos etc, nossa comida passou a ter pouco ou nenhum probiótico natural por se tratar de alimentos que contém antibióticos que matam as boas bactérias do nosso corpo.

Mas adicionando alimentos ricos em probióticos em nossa dieta, nós podemos ver os benefícios na nossa saúde.

  • Sistema imune mais forte
  • Melhor digestão
  • Com a vitamina B12 aumento da nossa energia
  • Melhora da respiração
  • Pele mais saudável
  • Reduz resfriado e gripes
  • Melhora doenças inflamatórias intestinais
  • Ajuda na perda de peso

Você conhece o Kombucha? Vem ver que maravilha! 

Parece bom?

Se você gostaria de ter todos esses benefícios, então chegou a hora de você consumir mais alimentos ricos em probióticos. Na verdade, você pode consumir uma variedade de tipos de probióticos que tem diferentes tipos de bactérias boas  que vão ajudar seu corpo de diversas maneiras.

7 tipos de bactéricas amigas para nosso organismo

  • Lactobacillus acidophilus
  • Lactobacillus bulgarius
  • Lactobacillus reuteri
  • Streptococcus thermophilus
  • Saccharomyces boulardii
  • Bifidobacterium bifidum
  • Bacillus subtilis

kefir yogurt super facile

Conheça os 13 alimentos ricos em probióticos:

1. Kefir – Semelhante ao iogurte, este produto lácteo fermentado é uma combinação única de leite e grãos fermentados de Kefir. Kefir foi consumido por bem mais de 3.000 anos; O termo kefir originou-se na Rússia e Turquia e significa “sentir-se bem”. Tem um sabor ligeiramente ácida e ácido e contém entre 10 a 34 cepas de probióticos. Kefir é semelhante ao iogurte, mas porque é fermentado com levedura e mais bactérias, o produto final é maior em probióticos.

Conhece os benefícios do Kefir? Vem ver! 

2. Vegetais cultivados (chucrute e kimchi) – feito de repolho fermentado e outros vegetais, chucrute não é rica em probióticos, mas é rica em ácidos orgânicos, que dão comida seu gosto azedo e apoia o crescimento das boas bactérias. O chucrute é extremamente popular na Alemanha hoje. Kimchi é um primo de chucrute e muito consumido na Coréia. Ambas as fórmulas fermentadas são também altas em enzimas, que podem ajudar a digestão.

3. Kombucha –  Esta é uma fermentação do chá preto usando uma SCOBY, também conhecida como colônia de bactérias e fermento. Kombucha tem sido consumido ao redor do mundo por mais de 2.000 anos, originário dos aredores do Japão. Muitas reivindicações foram feitas sobre kombucha, mas seus principais benefícios de saúde incluem suporte digestivo, aumento da energia e desintoxicação do fígado.

4. Kefir de Coco – Feito à partir da fermentação do suco de coco fresco e grãos de Kefir, esta opção livre de laticínios para tem alguns dos mesmos probióticos que o kefir tradicional de laticínios, mas normalmente não é tão alto em probióticos. Ainda assim, tem várias cepas que são benéficas para a sua saúde. Kefir de coco tem um ótimo sabor, e você pode adicionar um pouco de stevia, água e suco de limão e fazer um maravilhoso drinque.

5. Natto – Um prato popular no Japão, composto por soja fermentada. Natto contém o poderoso bacilo subtilis probiótico, Que foi comprovado que pode reforçar o seu sistema imunológico, ajuda à saúde cardiovascular e melhorar a digestão da vitamina K2. Além disso, Natto contém uma poderosa enzima anti-inflamatória chamada nattoquinase que ajuda a combater o câncer. (dados científicos)

E você sabe quais são os tipos de Kefir? 

6. Yogurt – Possivelmente o alimento probiótico o mais popular, iogurte cultivado vivo ou yogurt grego feito do leite das vacas, das cabras ou das ovelhas. Iogurte na maioria dos casos pode se classificar no topo de alimentos probióticos se ele vem de animais alimentados com capim e não foi pasteurizado. O problema é que há uma grande variação na qualidade dos iogurtes no mercado hoje. Recomenda-se ao comprar iogurte para procurar três coisas: primeiro, que vem de leite de cabra ou ovelha, segundo, que é alimentado com erva e em terceiro lugar, que é orgânico.

7. Kvass – Foi uma bebida fermentada comum na Europa Oriental desde os tempos antigos. Foi feito tradicional fermentando o centeio ou a cevada, mas nos anos mais recentes foi criado usando beterrabas, junto com outros vegetais de raiz como cenouras. Kvass usa probióticos lactobacilos e é conhecido por seu sangue e propriedades de limpeza do fígado e tem um sabor amargo suave.

8. Queijo artesanal – O leite de cabra, o leite de ovelha e os queijos macios de vaca A2 são particularmente ricos em probióticos, incluindo termófilos, bifudus, bulgaricus e acidophilus. Sempre comprar queijos cru e não pasteurizado se você quiser receber qualquer probióticos.

9. Vinagre de maçã  Ótimo para controlar a pressão arterial, colesterol, diabetes e até mesmo perda de peso, vinagre de maçã é uma grande adição diária que trará muitos benefícios – incluindo o fornecimento de probióticos. Beba um pouco por cada dia ou use em molho de salada.

10. Pepinos em conserva – Estas fermentações são fonte pouco reconhecida de probióticos. Escolha um fabricante de alimentos menores que usa produtos orgânicos. Você pode encontrar em um fabricante local, você estará recebendo alguns dos melhores probióticos para a sua saúde.

11. Azeitonas salgadas com salmoura – As azeitonas que são curadas com salmoura são uma excelente fonte de probióticos também. Como com salgados pickles pepino, certifique-se de selecionar um produto que é orgânico em primeiro lugar. Em seguida, ser certo que suas azeitonas não são feitas de um fabricante enorme. Escolha uma empresa menor que anuncia probióticos. Certifique-se também que suas azeitonas não contêm benzoato de sódio.

 12. Tempeh – Proveniente da Indonésia, este alimentos de soja fermentado é outra fonte de probióticos. Tempeh é criado pela adição de um starter tempeh soja. O produto fica descansando por um dia ou dois. O resultado é um produto que lembra um bolo.
Você pode comer tempeh cru ou com miso. Também pode ser usado como um substituto para a carne em uma refeição com restrições. Tempeh é comumente frito antes de comer, isso pode reduzir muito o seu valor nutricional.

13. Miso – Miso é uma especiaria japonesa tradicional encontrada em muitos de seus alimentos tradicionais. Se você já foi a um restaurante japonês, você pode ter visto em sua sopa de miso. É criado fermentando soja, cevada ou arroz integral com koji. Koji é um fungo, e o processo de fermentação leva de alguns dias a alguns anos para ser concluído. Miso pode ser feito em uma sopa, preparação de biscoitos, no lugar de manteiga ou qualquer outra finalidade que você encontre pra ele, é com certeza um alimento super versátil.

E pra você qual é alimento rico em probiótico você consome? 

lactobacilos-vivos

Retirado do site https://draxe.com/probiotic-foods/